Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Startup ajuda escolas e alunos a melhorar desempenho acadêmico

Startup ajuda escolas e alunos a melhorar desempenho acadêmico

Vencer o empirismo e o achismo não é, muitas vezes, tarefa simples no mercado brasileiro. Ainda mais em um meio com a presença de muitas empresas familiares, como ocorre na área de educação. Para superar esse problema e trazer soluções mais eficientes ao setor, a edtech Evolucional se utiliza da análise de dados para fornecer indicadores e informações estratégicas às escolas, que utilizam as informações para melhorar o ensino e processos internos.

Em entrevista a MONEY REPORT, o CMO da companhia, Rodrigo Amuchastegui, explica como surgiu a ideia de criar a Evolucional e fala sobre o projeto da startup. Presente em aproximadamente 700 cidades do Brasil e com 2.400 escolas como clientes, a empresa desenvolve simulados do ENEM para as instituições de ensino, a partir dos quais gera dados para ajudá-las a melhorar seu desempenho acadêmico. “Logo após o aluno terminar a prova e entregar o cartão de respostas, processamos os dados em scanners, direcionando-os para uma plataforma online com diversos indicadores, mostrando pontos fortes e fracos da escola e de cada estudante”, afirma Amuchastegui.

Na conversa, o executivo também comenta os planos para os próximos passos da Evolucional, que vê seu número de escolas crescer a uma taxa de 150% ao ano e o faturamento aumentar 250% anualmente. Confira.

Envie seu comentário

11 + cinco =