PATROCINADORES

Roubo de criptomoedas passa de US$ 1,2 bilhão desde 2017

Pesquisa do grupo Anti-Phishing Working Group (APWG) divulgada nesta quinta-feira (24) revela que cerca de US$ 1,2 bilhão em criptomoedas foram roubadas desde o início 2017. “Um problema que estamos vendo além da atividade criminal de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro que usa criptomoedas é o roubo dessas moedas”, informou Dave Jevans, presidente da APWG. Do montante roubado, apenas cerca de 20% foi recuperado.

Por que é importante

O crescimento da popularidade do bitcoin e o surgimento de mais de 1.500 criptomoedas pelo mundo colocaram o setor sob os holofotes

Quem ganha

Os criminosos, que se aproveitam de brechas de segurança deixadas pelos investidores

Quem perde

Compradores alvos dos ladrões

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 6 =

Pergunte para a

Mônica.