PATROCINADORES

Receitas da Huawei crescem 23% no semestre apesar de sanções de Trump

A multinacional chinesa de tecnologia Huawei faturou US$ 58,3 bilhões no primeiro semestre de 2019, um aumento de 23,2% em relação ao mesmo período do ano passado. Este é o primeiro balanço da companhia após o governo americano ter decidido proibir que empresas norte-americanas forneçam serviços para ela.

O presidente do conselho da empresa, Liang Hua, ressaltou durante a apresentação dos resultados que a pressão do presidente americano deve provocar impacto no crescimento do segundo semestre. “As receitas cresceram rápido até maio. Com as fundações que construímos no primeiro semestre do ano, continuamos vendo o crescimento mesmo após termos sido incluídos na lista de empresas banidas. Isso não quer dizer que não teremos dificuldades pela frente. Nós teremos, e elas podem afetar o ritmo do nosso crescimento no curto prazo.”

Por que é importante

Há meses o governo americano protagoniza uma disputa comercial com a empresa chinesa, dificultando suas operações em solo americano

Quem ganha

A multinacional chinesa que, apesar das sanções, tem conseguido aumentar seu faturamento e apresentar crescimento

Quem perde

O governo americano, que por enquanto não tem conseguido obter êxito na queda de braço com a companhia chinesa

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + dezoito =

Pergunte para a

Mônica.