Document
PATROCINADORES

Presidente da Vale pede afastamento temporário do comando da empresa

Presidente da Vale, Fabio Schvartsman pediu neste sábado (2) afastamento temporário do comando da mineradora, pouco mais de um mês após a tragédia em Brumadinho (MG), ocasionada pelo rompimento de uma barragem da empresa. Além de Schvartsman, outros três diretores entregaram cartas ao Conselho de Administração solicitando o afastamento temporário: Gerd Peter Poppinga, Lúcio Flavio Gallon Cavalli e Silmar Magalhães Silva. A decisão vem um dia após representantes do Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público Estadual de Minas Gerais (MPMG) e Polícia Federal (PF) assinarem documento pedindo o afastamento dos quatro executivos. A tragédia em Brumadinho resultou em 186 mortes confirmadas até o momento, enquanto 122 pessoas continuam desaparecidas.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.