PATROCINADORES

PF indicia o empresário Abílio Diniz

Em relatório entregue à Justiça nesta segunda-feira (15), a Polícia Federal indiciou o empresário Abílo Diniz por supostos crimes cometidos como presidente do Conselho da BRF, no âmbito da Operação Trapaça (que faz parte da Carne Fraca). Segundo a PF, o executivo sabia de práticas criminosas cometidas pela empresa, que teria vendido carne contaminada deliberadamente. Ao todo, 43 pessoas foram indiciadas na operação, incluindo Pedro de Andrade Faria, ex-presidente da BRF, por estelionato, falsidade ideológica, organização criminosa e crimes contra a saúde pública.

Por que é importante

A BRF é uma das maiores companhias alimentícias do mundo e viu sua credibilidade ser afetada após a Operação Carne Fraca, que investiga irregularidades na produção de carnes

Quem ganha

Os principais concorrentes da BRF no mercado de alimentos

Quem perde

Abílio Diniz, que agora pode ser formalmente denunciado pelo Ministério Público Federal

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + cinco =

Pergunte para a

Mônica.