PATROCINADORES

“Os próximos meses ainda serão de cautela”, diz fundador da Vita Investimentos

Ricardo Guimarães Filho, fundador da consultoria independente Vita Investimentos, diz em entrevista a MONEY REPORT que o pior da crise do novo coronavírus pode ter passado, mas alerta que o cenário ainda é de cautela para as aplicações financeiras. “Os investidores precisarão se defender nos próximos meses. Muitas coisas que estão sendo discutidas hoje só terão consequências em 2021”, comenta. O especialista aponta que alguns ruídos na política e na agenda econômica podem fazer com que a recuperação seja um processo mais demorado que o esperado. Ele destaca principalmente a queda de braço dentro do governo entre as iniciativas populistas e o compromisso com o equilíbrio de gastos pós-pandemia. Guimarães avalia também o cenário de juros baixos e os impactos para os investimentos no futuro, a importância da diversificação internacional da carteira, além de como levar em conta a inflação – no Brasil e no exterior – na hora de aplicar. “Ter um ganho imediato pode esconder um problema no longo prazo”, afirma. O fundador da Vita Investimentos ainda fala como as eleições nos Estados Unidos podem influenciar as decisões financeiras.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois − 1 =

Pergunte para a

Mônica.