PATROCINADORES

Moda é o segmento que mais cresceu no franchising

Calçados Bibi e Milon acompanharam o bom momento vivido no primeiro trimestre

A Pesquisa Trimestral de Desempenho de franquias referente a janeiro a março deste ano, realizada pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), mostrou que o setor permanece em ritmo de recuperação, atento aos desafios de um ambiente macroeconômico com inflação e juros em alta. O estudo apontou que as redes de franquias cresceram 8,8% em faturamento no primeiro trimestre frente ao mesmo período do ano passado, com uma receita que passou de R$ 39,88 bilhões, para R$ 43,38 bilhões.

Além disso, o balanço referente ao primeiro trimestre indicou crescimento da receita em todos os 12 segmentos elencados pela entidade. O que registrou melhor desempenho no faturamento do período foi o de moda, com crescimento de 13,5%, beneficiado pela retomado do trabalho e eventos presenciais e da consequente maior movimentação em shopping centers e outros locais de grande circulação de pessoas.

Comprovando os dados, a Bibi, marca de calçados infantis e com mais de 130 lojas no Brasil, cresceu 75% em vendas nos três primeiros meses deste ano, se compararmos com o mesmo intervalo de 2021. A rede aposta na expansão de lojas para ampliar a presença no país. Para 2022, prevê implantar 37 operações, sendo 25 em solo brasileiro e 12 no exterior. “Com a retomada constante do comércio e a volta da confiança do consumidor em sair de casa, notamos um aumento expressivo nas vendas nos primeiros meses deste ano, no nosso caso ainda mais, pois pegamos o retorno às aulas que impulsiona a busca por novos calçados e mochilas”, afirmou a presidente da Calçados Bibi, Andrea Kohlrausch.

Multifranquias e e-commerce

Outra marca destaque no segmento de moda no mercado de franchising é a Milon. Desde 2006, a marca que faz parte do Grupo Kyly, maior empresa de vestuário infantil do Brasil, é conhecida pelas peças desenvolvidas com inspiração europeia, estilo clássico e detalhes exclusivos. A abertura da primeira loja da rede foi em 2010, em Joinville (SC). De lá para cá, a expansão da marca não parou mais. A empresa adotou o modelo do Franchising e, atualmente, conta com 80 lojas físicas em operação, sendo 47 franquias e 33 lojas próprias. Para este ano, a meta da marca é abrir, ao menos, 10 novas unidades físicas de roupas infantis em diferentes regiões brasileiras, totalizando 90 pontos de venda.

“Encerramos 2021 com 78 lojas, sendo seis delas abertas durante o ano passado. Nos últimos anos, contamos com uma estratégia de expansão bem sucedida. Queremos fechar 2022 com 90 lojas em operação, abertas em diferentes cidades. Além disso, a Milon vem ganhando cada vez mais espaço, relevância e destaque em diferentes canais em que atuamos, como as multimarcas, franquias e e-commerce, e por meio da exportação para diferentes países”, explicou o diretor executivo comercial e de marketing do Grupo Kyly, Claudinei Martins.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.