PATROCINADORES

Sem remédios, farmácias faturam R$ 4 bilhões no 1º trimestre

Após registrar crescimento modesto por dois anos consecutivos, a venda de não medicamentos nas farmácias voltou a subir com força no primeiro trimestre de 2019. O comércio de produtos de higiene, cosméticos, perfumaria e conveniência no setor avançou 10,64% entre janeiro e março, para R$ 4,07 bilhões, contra altas de 4,58% e 3,73% no mesmo período de 2018 e 2017, respectivamente.

Por que é importante

A Abrafarma reúne as 25 maiores redes farmacêuticas do Brasil

Quem ganha

As farmácias, que se beneficiam ao aumentar seu portfólio de produtos

Quem perde

Estabelecimentos que concorrem com as farmácias na venda de não medicamentos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × dois =

Pergunte para a

Mônica.