Document
PATROCINADORES

Mercado de barcos de vento em popa

A restrição às viagens ao exterior turbinou as vendas no mercado de barcos. O prazo de entrega nos estaleiros pode ultrapassar facilmente os seis meses e mesmo as embarcações de aluguel também passaram a ser bastante procuradas. Segundo levantamento do jornal O Globo, não há mais barcos para alugar no réveillon nas marinas da Glória, de Paraty e de Angra dos Reis.

Os empresários do setor esperam um crescimento de 20 % no faturamento das empresas (de R$ 634 milhões em 2019 para R$ 761 milhões em 2020) em um ano em que o PIB nacional irá seguramente encolher.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.