PATROCINADORES

Justiça de São Paulo libera leilão de ativos da Avianca

O Tribunal de Justiça de São Paulo derrubou nesta segunda-feira (17) a liminar que suspendia o leilão dos ativos da Avianca Brasil. Agora, falta a companhia aérea definir uma nova data para realizar a venda. Relator do caso, o desembargador Ricardo Negrão foi o único do colegiado a se posicionar contra o leilão, argumentando que é necessário averiguar a legalidade do plano de recuperação judicial da empresa. Sérgio Seiji e Maurício Pessoa votaram a favor da retomada do certame.

Por que é importante

Quarta maior companhia aérea do país, a Avianca Brasil entrou com pedido de recuperação judicial em dezembro do ano passado

Quem ganha

Latam e Gol, que têm interesse nos ativos da empresa

Quem perde

A Swissport, credora da Avianca Brasil, que havia solicitado a suspensão do leilão

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =

Pergunte para a

Mônica.