PATROCINADORES

Investigação indica que Ghosn transferiu prejuízo pessoal para Nissan

O brasileiro Carlos Ghosn, ex-presidente do conselho de administração da Nissan, teria transferido perdas sofridas em investimentos pessoais para o caixa da montadora japonesa. Segundo o jornal Asahi Shimbun, a operação financeira descoberta por autoridades locais deixou um prejuízo de cerca de R$ 15 milhões.

Por que é importante

Carlos Ghosn está preso no Japão acusado de fraude financeira por subdeclarar sua remuneração durante anos

Quem ganha

A investigação contra o executivo. De acordo com a Reuters, a Comissão de Vigilância de Títulos e Câmbio do Japão (Sesc) descobriu as irregularidades durante inspeção de rotina neste ano

Quem perde

Ghosn. Ele já foi removido como presidente do conselho de administração da Nissan e também deposto de seu cargo na parceira Mitsubishi

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 5 =

Pergunte para a

Mônica.