Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Inovação pode deixar adoçante mais barato no Brasil

Inovação pode deixar adoçante mais barato no Brasil

Um acordo de cooperação técnica entre a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) e a empresa Stevia Soul pode reduzir o preço dos adoçantes produzidos no Brasil. A parceria entre as instituições tem como objetivo aumentar a produção de stévia – planta utilizada para produzir adoçantes naturais – e, ao mesmo tempo, reduzir os custos do processo. “Nosso objetivo é desenvolver tecnologia para fazer a plantação diretamente a partir de sementes, sem precisar das mudas, e levar a produção de stévia também para o cerrado brasileiro, ampliando a capacidade produtiva desta cultura”, afirma Fabio Faleiro, pesquisador da Embrapa. Engenheiro agrônomo da Stevia Soul, Ladislau Coimbra diz que o projeto p ode fazer o Brasil competir em pé igualdade com a China, que detém hoje 90% da produção de stévia no mundo: “Se tivermos preços competitivos, podemos rivalizar com os chineses facilmente, porque nós temos área para cultivar”, diz. “A possibilidade de avanço dentro do Brasil é muito grande”, afirmou.

Por que é importante
A parceria mostra a importância da inovação para aumentar a produtividade no campo
Quem ganha
Os consumidores de adoçante, que terão acesso a um produto mais barato
Quem perde
Os produtores chineses, que lideram o cultivo de stévia no mundo

Envie seu comentário

5 × 4 =