Document
PATROCINADORES

Fusão entre Votorantim e ArcelorMittal deve ser vetada

O Departamento de Estudos Econômicos (DEE) do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deve se posicionar contra a fusão da Votorantim e a ArcelorMittal, em análise pela autarquia. O DEE reforçou o parecer apresentado à Superintendência Geral (SG) do Cade em setembro do ano passado, que recomendou a reprovação da operação, considerando insuficientes os argumentos apresentados pelas indústrias siderúrgicas em defesa da união das duas companhias, bem como as propostas de alternativas apresentadas para uma aprovação parcial do pleito. A expectativa é que a decisão final do colegiado do Cade saia na primeira semana de fevereiro.

Por que é importante

O Instituto Nacional das Empresas de Sucata de Ferro e Aço (Inesfa), formado por fornecedores de matéria-prima usada na produção de aço, considera que, se a fusão for aprovada, um gigante do setor siderúrgico com a capacidade de controlar até 80% do mercado será formado no segmento de aços longos

Quem ganha

O veto deve beneficiar o setor de sucatas, que sofreria uma queda expressiva nos preços caso a operação fosse autorizada

Quem perde

A Votorantim e a ArcelorMittal. Os técnicos do Cade entendem que a operação afeta os mercados nacionais

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.