PATROCINADORES

Fusão da Embraer com empresa americana vai se chamar Boeing Brasil – Commercial

Em comunicado enviado aos seus funcionários, a Embraer informou nesta quinta-feira (23) que a joint venture resultante da fusão com a Boeing vai se chamar Boeing Brasil – Commercial. A nova empresa é fruto da venda de 80% da divisão de aviação comercial da Embraer para a companhia americana, fechada em julho do ano passado e autorizada pelo presidente Jair Bolsonaro no início de 2019. O acordo de US$ 5,26 bilhões também criou uma empresa para comercializar o cargueiro militar KC-390 da companhia brasileira, mas não incluiu as áreas de defesa e aviação executiva da Embraer.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × dois =

Pergunte para a

Mônica.