Document
PATROCINADORES

Exame: por dentro da Zee.Dog; veja fotos

Confira as imagens em primeira mão do espaço conceito da Zee.Dog que abre as portas neste sábado em São Paulo

A Zee.Dog, empresa de produtos para pets, celebra mais um marco em sua história neste sábado, 6: o lançamento do Temple, um espaço físico da marca feito para sua comunidade de pets e seus humanos.

O prédio conceito em São Paulo abre suas portas ao público às 16 horas e concretiza um sonho quase tão antigo quanto a fundação da marca, há 10 anos atrás. A Exame teve acesso ao local antes da abertura.

O objetivo não foi criar uma loja física para a marca nativa do mundo digital – a ideia dos fundadores Felipe Diz, Thadeu Diz e Rodrigo Monteiro é conceber um templo que ofereça experiências para a comunidade da marca.

E o prédio tem um sentimento de museu, com a arquitetura moderna e conceitual, ao apresentar os materiais e histórias por trás dos primeiros produtos para cachorros.

Hoje, a Zee.Dog também tem acessórios e brinquedos para gatos e uma linha de roupas, bolsas e acessórios exclusiva para humanos. Em breve, a empresa deve lançar ainda a Zee.Dog Kitchen com comidas para pets.

Todos esses elementos encontram sua casa no prédio de quadro andares, incluindo o subsolo e o rooftop. Até o app de delivery Zee.Dog Now, negócio que cresceu cresceu 600% no ano passado e chegou a um faturamento anual de R$ 28 milhões, está representado no ambiente

“Isso reforça o quanto a construção de comunidade é importante para a gente. Acho que o rooftop sintetiza toda essa história. Você pode vir tomar uma cerveja com os amigos, comprar um produto, fazer um evento ou festa, vir aqui trabalhar ou até fazer entrevista de trabalho”, fala Thadeu Diz.

O co-fundador conta que dentro dos planos para o Budweiser Rooftop também está a realização de shows de jazz ou hip-hop. Eventos de empreendedorismo e outras marcas são outras opções.

A abertura desse sábado terá um DJ no rooftop e vai até meia noite. O endereço é: Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 225.

Vender não é o propósito

Apesar de também funcionar como uma loja, a intenção do Templo (especialmente os andares dedicado aos produtos pets e humanos) é servir de vitrine para que consumidores conheçam os itens mais populares da marca.

Em essência, os dois andares com produtos vão, além de expor, trazer uma explicação sobre cada item — das matérias-primas ao contexto de criação de cada um.

A aposta criativa é também levar marcas que participam participam “collabs” para colocarem seus produtos. Com esse toque de showroom, o Zee.Dog Temple nasce com uma flexibilidade para repaginar seu interior de acordo com a ocasião.

O primeiro exemplo será com a Netflix, que vai fazer lançamento de uma coleção baseada na série Stranger Things, e deve preparar o Temple para, inclusive, se parecer com os cenários do programa.

Confira as fotos do Zee.Dog Temple:

Os cachorros têm seu espaço no Zee.Dog Park no subsolo:
O foco aqui são os pets. Um espaço amplo vira um parque onde cachorros podem circular livremente.

A ideia é inspirada em eventos no Rio de Janeiro promovidos em parques que conectaram pessoas e dogs em encontros a céu aberto regados a cerveja e diversão. Segundo Felipe Diz, a empresa tem a intenção de levar as estruturas de parques para além do Templo recém-inaugurado.

“Depois da experiência aqui podemos, quem sabe? Oferecer parques com estrutura, limpeza e padrão do Zee.Dog Park, mesmo que sem as lojas”, disse.

Fora isso, o parque também deve servir de espaço para palestras sobre treinamento de cães. No templo, até o banho vira um momento de conexão. Em um espaço personalizado, tutores podem lavar e secar seus animais ao som escolhido por eles mesmos.

De início, a estação de banho funcionará por ordem de chegada, mas em breve haverá um aplicativo onde agendamentos poderão ser feitos.

______________________________________________________________________________

Por Luísa Granato e Maria Clara Dias

Publicado anteriormente em: https://cutt.ly/VR6A8yj

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.