PATROCINADORES

Dívidas de empresas listadas na bolsa chegam a R$ 909 bilhões

Levantamento feito pela Economatica mostra que a dívida bruta das empresas listadas na bolsa brasileira chegou a R$ 909 bilhões no primeiro trimestre de 2019, recorde para o período analisado pela empresa – a partir do ano 2000.

O número desconsidera os dados da Petrobras, que distorcem a amostra por conta do tamanho da companhia. O recorde anterior havia sido registrado em 2015, ano de recessão econômica, quando o endividamento bruto das empresas chegou a R$ 870,5 bilhões.

A dívida líquida do grupo pesquisado também atingiu seu maior valor no fim de março, indo para R$ 650,6 bilhões.

Por que é importante

A pesquisa levantou os dados de 240 empresas não financeiras de capital aberto no Brasil

Quem ganha

As companhias do setor de educação viram sua dívida de curto prazo diminuir 31,32% entre dezembro e março, para R$ 1,2 bilhão

Quem perde

A dívida de curto prazo do segmento Mineração subiu 185,91% no primeiro trimestre do ano, para R$ 11,6 bilhões

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 13 =

Pergunte para a

Mônica.