Document
PATROCINADORES

Demanda por jatinhos cresce

Após um forte impacto econômico e de mobilidade da pandemia, agora uma disputa por jatinhos disponíveis no mercado mundial ocorre, incluindo no Brasil, e que leva à escassez de aeronaves de pequeno porte. Segundo dados do Centro de gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), compilados pela Associação Brasileira de Aviação Geral (Abag), a aviação executiva conseguiu se recuperar da calamidade em maio de 2021 — alta de 6% nos pousos e decolagens em relação a maio de 2019. Com menos aeronaves no mercado, os clientes interessados em importar jatinhos são obrigados a esperar entre 12 e 15 meses. Antes da pandemia, o prazo ficava entre 60 e 90 dias.

A Sertrading somou em importações ao Brasil R$ 1,5 bilhão em aviões e helicópteros em 2020 para cerca de 30 clientes, crescimento de 66% contra 2019, um recorde para a companhia. O segmento deverá representar cerca de 10% dos R$ 16 bilhões que a trading prevê movimentar neste ano. Como a margem de lucro ao se importar um avião é maior, os jatos representam entre 15% e 20% do negócio da Sertrading, apontou o jornal Valor Econômico nesta quarta-feira (17).

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.