Document
PATROCINADORES

Credores aprovam plano de recuperação judicial da Avianca

Em uma reunião acalorada, os credores da Avianca Brasil aprovaram o plano de recuperação judicial da companhia, em assembleia encerrada na noite desta sexta-feira (5). No total, 77% dos credores votaram a favor da proposta apresentada pela empresa, que deve ser homologada pelo juiz Tiago Limongi, da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo. O acordo prevê a divisão dos ativos da Avianca em sete Unidades Produtivas Isoladas (UPIs), que serão leiloadas até o fim do mês. As companhias aéreas Azul, Latam e Gol já demonstraram interesse pelas UPIs e fizeram ofertas à empresa. O plano aprovado também acabou retirando a prioridade do fundo americano Elliott – maior credor da Avianca – de receber US$ 70 milhões com a venda das unidades.

Por que é importante

A Avianca é a quarta maior companhia aérea do país, responsável pelo tráfego aéreo de 10,6% dos passageiros em território brasileiro

Quem ganha

Os credores trabalhistas, que obrigaram a empresa a elevar seus pagamentos de 150 para 650 salários mínimos

Quem perde

A Azul, que questiona a participação das concorrentes Latam e Gol no leilão

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.