Document
PATROCINADORES

Cade dá sinal verde para parceria entre Azul e Correios

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira (13), por unanimidade e sem restrições, a criação da joint venture formada pela Azul e os Correios para serviços de transporte de carga e malas postais. A companhia aérea deterá 50,01% da operação, enquanto a estatal ficará com os 49,99% restantes. O órgão considerou que o negócio permite maior efetividade no transporte oferecido pelos Correios e o uso mais rentável dos porões dos aviões da Azul, bem como das suas rotas.

Por que é importante

A decisão do Cade considerou que a operação não levanta preocupações concorrenciais ou econômicas

Quem ganha

Os Correios, que reduzirão custos; e a Azul, que diminuirá a capacidade ociosa em porões de aeronaves

Quem perde

A Latam e a Avianca, que protestavam contra a aprovação da parceria

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.