Document
PATROCINADORES

Banco Central aprova operação entre Itaú e XP Investimentos

O Banco Central informou nesta sexta-feira (10) ter aprovado, com restrições e limitações, a operação entre o Itaú Unibanco e a XP Investimentos. As imposições feitas pelo BC incluem a vedação do Itaú adquirir o controle da XP e a obrigação de preservar a independência da empresa. As restrições e as limitações constam do Acordo em Controle de Concentração (ACC), um contrato assinado pelo BC com as duas instituições. “Nos termos do ACC, o Itaú Unibanco adquire 30,1% do capital votante da XP. Somadas às ações preferenciais (não votantes), o Itaú Unibanco adquire 49,9% do capital total da XP. Esse percentual de 49,9% é atingido com a injeção, pelo Itaú Unibanco, de R$ 600 milhões no capital da XP e com a transferência de ações dos atuais acionistas para esse banco”, detalhou o BC em comunicado.

Por que é importante

A XP Investimentos conta com 700 mil clientes, R$ 170 bilhões sob custódia e escritórios em quatro países, segundo comunicado divulgado pela instituição

Quem ganha

O Itaú, que pega participação na maior corretora independente do país

Quem perde

A competição num mercado crescente e que, hoje, é dominado pelos grandes bancos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.