Document
PATROCINADORES

Azul assina acordo para comprar ativos da Avianca Brasil

A companhia aérea Azul informou nesta segunda-feira (11) que assinou uma proposta não-vinculante no valor de US$ 105 milhões para a aquisição de certos ativos da Avianca Brasil. O negócio será realizado por meio de uma Unidade Produtiva Isolada (UPI) de acordo com a Lei de Falências e Recuperação Judicial. A UPI incluirá ativos selecionados pela Azul como o certificado de operador aéreo da Avianca Brasil, 70 pares de slots (direitos de pousos e decolagens) e aproximadamente 30 aeronaves Airbus A320. “Destacamos que o acordo é não-vinculante e que o processo de aquisição da UPI está sujeito à uma série de condições como a conclusão de um processo de diligência, a aprovação de órgãos reguladores e credores, assim como a conclusão do processo de Recuperação Judicial. A expectativa é que esse processo dure até três meses”, detalhou a empresa em comunicado ao mercado.

Por que é importante

A Avianca Brasil está em recuperação judicial desde dezembro do ano passado. A conclusão do negócio deve reduzir o mercado brasileiro de quatro para três companhias aéreas

Quem ganha

A Azul, que irá ampliar sua participação no mercado e poderá operar voos na ponte aérea Rio-São Paulo (Santos Dumont-Congonhas)

Quem perde

A Avianca Brasil, que deixará de existir

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.