PATROCINADORES

Ações da Taurus despencam após decreto flexibilizar posse de armas

Diferentemente do que muitos poderiam imaginar, as ações da Taurus Armas – novo nome da antiga Forjas Taurus – despencam após o presidente Jair Bolsonaro assinar decreto facilitando a posse de armas no Brasil. Às 16h48, os papeis preferenciais da companhia recuavam 15,06%, cotados a R$ 7,05, enquanto as ações ordinárias caíam 14,49%, negociadas por R$ 7,61. Os ativos chegaram a abrir com alta superior a 4% nesta terça-feira (15), mas estabilizaram até o fim da manhã e passaram a cair vertiginosamente pouco antes das 13h, após a assinatura do decreto.

Em parte, a queda ocorre em um movimento de realização de lucros, uma vez que a medida já havia sido antecipada pelo governo na segunda (14), quando as ações preferenciais da empresa subiram 5,60% e as ordinárias avançaram 5,95%. Além disso, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse nesta terça que a gestão estuda abrir o mercado de produção de armas no Brasil, o que aumentaria a concorrência no setor e faria a Taurus perder mercado no país.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.