Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Ações da Taurus despencam após decreto flexibilizar posse de armas

Ações da Taurus despencam após decreto flexibilizar posse de armas

Diferentemente do que muitos poderiam imaginar, as ações da Taurus Armas – novo nome da antiga Forjas Taurus – despencam após o presidente Jair Bolsonaro assinar decreto facilitando a posse de armas no Brasil. Às 16h48, os papeis preferenciais da companhia recuavam 15,06%, cotados a R$ 7,05, enquanto as ações ordinárias caíam 14,49%, negociadas por R$ 7,61. Os ativos chegaram a abrir com alta superior a 4% nesta terça-feira (15), mas estabilizaram até o fim da manhã e passaram a cair vertiginosamente pouco antes das 13h, após a assinatura do decreto.

Em parte, a queda ocorre em um movimento de realização de lucros, uma vez que a medida já havia sido antecipada pelo governo na segunda (14), quando as ações preferenciais da empresa subiram 5,60% e as ordinárias avançaram 5,95%. Além disso, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse nesta terça que a gestão estuda abrir o mercado de produção de armas no Brasil, o que aumentaria a concorrência no setor e faria a Taurus perder mercado no país.

Envie seu comentário