PATROCINADORES

Acionistas querem destituir Abilio Diniz de conselho da BRF

Os fundos Petros (da Petrobras) e Previ (do Banco do Brasil) se uniram a outros acionistas da BRF para pedir que o Conselho de Administração da empresa convoque uma assembleia geral extraordinária para deliberar sobre a destituição de todos os seus membros. Os investidores pedem a eleição de novos integrantes para ocuparem os cargos, incluindo os de presidente e de vice-presidente do colegiado. Atualmente, a presidência do conselho é ocupada desde 2013 pelo empresário Abilio Diniz, que é dono de 9% das ações da empresa. Além de mudanças no conselhos, os acionistas querem a saída do Tarpon, fundo que investimento que também detém 9% das ações da BRF.

 

Por que é importante

O pedido ocorre após a BRF, maior exportador global de carne de frango, ter reportado prejuízo de R$ 1,1 bilhão em 2017. As ações da empresa chegaram a valer R$ 70 e na segunda-feira eram negociadas por volta de R$ 28,50

Quem ganha

Petros e Previ, os dois maiores acionistas da empresa além de acionistas minoritários

Quem perde

Abilio Diniz, um dos empresários mais conhecidos do país, que perde prestígio com a iminente saída da BRF

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + 7 =

Pergunte para a

Mônica.