Document
PATROCINADORES

Tecnologia e legislação deram eficiência ignorada aos cartórios e tabelionatos

MONEY TALKS fugiu um pouco de suas pautas tradicionais para conversar com Priscila Agapito, do 29º Tabelionato de Notas de São Paulo. Priscila se impôs uma missão, que é divulgar como sua atividade deixou de ser burocrática para dar agilidade aos negócios por meio de tecnologia e uma legislação modernizante. Outro fator é que a aplicação de fraudes ficou dificultada, pois as atividades são gravadas e filmadas. “As pessoas não fazem ideia como funciona”, diz, alertando que hoje o Brasil se tornou um dos mais modernos do mundo nesse serviços. Sobre a velha conversa que nos Estados Unidos é mais fácil, pois um simples documento atesta fé, Priscila alerta que em muitos casos é preciso fazer um seguro dispendioso que a maioria desconhece. “É preciso entender que um tabelião é imparcial. Vou olhar se aquilo está de acordo com a lei. Dou fé pública aos contratos, evitando litígios”, diz. Sobre a burocracia, cita o portal e-Notariado, que permite assinaturas eletrônicas pelo celular, a partir “de qualquer lugar do mundo”.

https://www.youtube.com/watch?v=6gHJy8nstew

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.