PATROCINADORES

Falta de uma política consistente desindustrializou o Brasil, diz especialista

Em entrevista a MONEY REPORT, o diretor de Relações Institucionais da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), André Passos Cordeiro, explicou que apesar do tamanho e da capacidade instaladas, o país passa por um lento e perigoso processo de desindustrialização que até não parece reversível. Cordeiro deixa claro que a falta de uma política industrial consistente e capaz de se manter além dos limites dos mandatos presidenciais prejudica os negócios de uma forma muito mais ampla do que se imagina, pois reduz a competitividade. É um problema que precisa ser discutido enquanto política de estado para que casos como a saída da Ford e da Sony não se repitam. “O Brasil precisa conhecer aqueles setores produtivos que cabem adensar sua cadeia industrial”, diz Cordeiro.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × quatro =

Pergunte para a

Mônica.