Document
PATROCINADORES

Brasil retoma testes da vacina de Oxford nesta segunda-feira

Os testes da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford contra o coronavírus serão retomados no Brasil nesta segunda-feira (14). A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu autorizar o retorno dos ensaios após receber informações do laboratório AstraZeneca, parceiro da universidade britânica nos estudos, sobre as análises do caso em que uma voluntária teve reações adversas. “Após avaliar os dados do evento adverso, sua causalidade e o conjunto de dados de segurança gerados no estudo, a Anvisa concluiu que a relação benefício/risco se mantém favorável e, por isso, o estudo poderá ser retomado”, informou a agência reguladora.

Os estudos da vacina haviam sido interrompidos por Oxford na terça-feira (8), após uma voluntária britânica apresentar um quadro de mielite transversa, um distúrbio neurológico. A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) seguiu o protocolo do desenvolvimento do imunizante e também suspendeu os testes no Brasil, apesar de não ter encontrado nenhuma reação adversa nos cinco mil voluntários brasileiros que receberam doses da vacina. No sábado (12), a AstraZeneca anunciou a retomada dos testes no Reino Unido após o órgão regulador britânico avaliar o caso. A Anvisa tomou a mesma decisão após receber as informações sobre as análises realizadas.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.