Document
PATROCINADORES

AgroBR na COP26; aviões elétricos; empoderamento no marketing

Boletim de MONEY REPORT sobre questões ambientais, sociais e de governança no mundo dos negócios

Ambiental

Conheça as cinco propostas do agro ao novo acordo climático

Para evitar mais desgastes diante dos compradores internacionais e se esquivar das críticas contra o afrouxamento das políticas ambientais, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) marcou sua posição ao entregar ao governo federal um documento (anexo abaixo) com o posicionamento do setor para a 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP26), prevista para novembro, em Glasgow, na Escócia. Confira:

Embraer e Avantto fecham parceria para aeronaves elétricas

A Eve Urban Air Mobility, empresa da Embraer, e a Avantto, de compartilhamento de aeronaves no Brasil, assinaram uma carta de intenções para uma parceria para o futuro ecossistema de Mobilidade Aérea Urbana (UAM, sigla em inglês) na América Latina. O acordo inclui um pedido de 100 aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOL). As entregas devem começar em 2026.

Água contaminada causou 2,7 mil mortes e 273 mil internações no Brasil

Com 100 milhões de pessoas sem esgoto coletado e tratado, a falta de saneamento básico sobrecarregou o sistema de saúde com 273.403 internações por doenças de veiculação hídrica em 2019, um aumento de 30 mil hospitalizações na comparação com ano anterior, além de 2.734 mortes. A incidência de internações foi de 13,01 casos por 10 mil habitantes, o que gerou gastos de R$ 108 milhões ao país naquele ano.

Brasil precisa preservar 80% da Amazônia, diz Mourão

O vice-presidente, Hamilton Mourão, disse na Expo 2020, em Dubai, que o Brasil precisa garantir a preservação de pelo menos 80% da Amazônia para mostrar à comunidade internacional seu compromisso com o bioma. De acordo com ele, estima-se que cerca de 85% da floresta ainda mantêm vegetação natural, o que limitaria os desmatamentos futuros.

Sistema hidrelétrico é ficção e as premissas estão erradas, diz CEO da Omega

Antonio Bastos, presidente da maior empresa de energia renovável do Brasil, a Omega Energia, encara com tristeza a a intenção do governo brasileiro de fomentar o mercado de gás natural. Ele acredita que a solução para a crise energética atual está nas energias renováveis.

____________________________________________________

Informe Publicitário

_____________________________________________________

Negócios

CPR Verde pode movimentar R$ 30 bi em quatro anos

O governo federal calcula que o mercado potencial para as cédulas de produto rural (CPR) verdes envolvam até R$ 30 bilhões em um período de quatro anos. A CPR Verde é um instrumento para pagamento por serviços ambientais (PSA) que poderá ser usada em operações que envolvam conservação e recuperação de florestas nativas e seus biomas.

Ambev, Colgate-Palmolive e Suzano querem comprar lixo reciclável

Empresas se unem à Ambipar no desenvolvimento de uma plataforma que troca materiais recicláveis por bilhete de transporte público e recarga de celular. O sistema foi criado pela startup Triciclo, comprada pela Ambipar.

__________________________________________

Informe Publicitário

_________________________________________

Social

ETF de energia limpa é revertido aos Amigos do Bem

O Banco Safra lançou um certificado de operações estruturadas (COE) atrelado ao índice global de energia limpa, o iShares Global Clean Energy ETF, negociado no mercado americano. O fundo de índice a que o COE-Safra Energia Limpa dá acesso foi criado em 2008 e é composto por cerca de 30 empresas. O certificado transfere parte da receita à ONG Amigos do Bem, que atua no sertão nordestino com projetos de educação, trabalho, renda, saúde, água e moradia.

Pitta: “Somos consumidores”

Andrea Pitta fala de empoderamento feminino no mercado publicitário

Diversidade, racismo, machismo e cargos de liderança. Os desafios e conquistas de Andrea Pitta, uma mulher negra, empoderada e CEO da Agência Fibra, de digital content experience. Ela está há 30 anos no mercado publicitário e sentiu a diferença que a cor da pele faz no mundo corporativo.

Contratar refugiados transforma diversidade em acolhimento de talentos

MONEY TALKS entrevista Stephanie Jerg, CEO e embaixadora da diversidade da Intervalor, que atua com cobrançasEla explicou como a empresa adotou em sua cultura interna o conceito de diversidade mediante o acolhimento de imigrantes e refugiados econômicos. “Contratamos venezuelanos por casualidade, devido às dificuldades daquele país, mas queremos expandir”, disse.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.