PATROCINADORES

Uber terá que explicar vazamento de dados de brasileiros

A Comissão de Proteção dos Dados Pessoais do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) requisitou esclarecimentos à Uber sobre o incidente de segurança (data breach) tornado público no final de 2017. Informações de cerca de 57 milhões de contas de motoristas e clientes foram apropriados em um vazamento da base de dados do aplicativo de transportes. Para o MPDFT, faltam esclarecimentos sobre o possível comprometimento de dados pessoais de usuários brasileiros.

Por que é importante

Caso a empresa confirme a exposição de informações de motoristas e de clientes do Brasil, deverá descrever em detalhes a natureza do incidente, o total de pessoas afetadas, as localidades e os tipos de dados pessoais que foram comprometidos

Quem ganha

A transparência. A Comissão também quer saber se alguma investigação interna foi realizada e se já existem conclusões

Quem perde

A Uber. A gravidade do incidente de segurança chamou a atenção das autoridades de dados de vários países

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 3 =