PATROCINADORES

Soja brasileira deve ganhar espaço na China

A China substituirá quase inteiramente suas importações de soja dos Estados Unidos por grãos brasileiros e de outros países, informou a Reuters citando um executivo da Jiusan, maior esmagadora chinesa. As importações de Washington, que normalmente ocupam o segundo lugar entre os maiores fornecedores de Pequim, vão cair de 27,85 milhões de toneladas para apenas 700 mil toneladas na temporada 2018/19 a partir deste mês. Segundo a Reuters, as importações do Brasil saltarão para 71,06 milhões de toneladas.

Por que é importante

EUA e China travam uma guerra comercial depois que o presidente norte-americano, Donald Trump, impôs uma taxa de 25% sobre produtos chineses. Pequim reagiu e também decidiu retaliar Washington

Quem ganha

Produtores brasileiros

Quem perde

Agricultores norte-americanos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 2 =

Pergunte para a

Mônica.