Document
PATROCINADORES

Sindicatos cortam vagas após reforma trabalhista

Levantamento feito pelo jornal Folha de S. Paulo mostra que o corte de vagas de trabalho cresceu 600% nos sindicatos nos seis primeiros meses da entrada em vigor da reforma trabalhista. As entidades perderam 3.140 postos formais no período. O principal motivo foi o fim do imposto sindical obrigatório.

Por que é importante

Muitos sindicatos se financiavam apenas com a contribuição que tirava um dia do salário do trabalhador

Quem ganha

Entidades atuantes, que conseguem encontrar meios para compensar a queda da arrecadação

Quem perde

Sindicatos de fachada, que enchiam os cofres com o imposto

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.