Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

1 comentário

Remédios ficarão 4% mais caros a partir de hoje

Remédios ficarão 4% mais caros a partir de hoje

Os remédios vendidos com receita no país ficarão mais caros a partir desta segunda-feira (1º). De acordo com a Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, o preço pode aumentar até 4,33% – o teto permitido pelo Ministério da Saúde. Os fabricantes e farmacêuticos têm liberdade para aplicar o reajuste ou não, porém, não podem descumprir o limite máximo permitido. Caso o façam, poderão pagar multa que pode chegar até R$ 9,7 milhões. O reajuste nos remédios ficou acima da inflação de 2018, que fechou o ano em 3,75%.

Por que é importante
Pesquisas do IBGE mostram que os gastos com medicamentos representam até 74% da renda dos 40% mais pobres do país
Quem ganha
Os fabricantes de remédios
Quem perde
Dependentes de remédios serão afetados pelo reajuste

Comentários

Envie seu comentário

15 + dez =