PATROCINADORES

Reação dos caminhoneiros faz governo revogar nova tabela de frete

O governo federal informou que vai revogar nesta sexta-feira (8) a nova tabela com o preço mínimo do frete para o transporte rodoviário de cargas. O documento com os novos valores chegou a ser publicado em edição extra do Diário Oficial da União no final da tarde de quinta-feira (7). Segundo o Ministério dos Transportes, a decisão foi tomada após reação dos representantes dos caminhoneiros. Assim, a tabela publicada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) no dia 30 de maio estará valendo até uma nova ser elaborada.

Por que é importante

O documento que será revogado previa valores de frete por quilômetro rodado combinado com o número de eixos dos caminhões e a possibilidade de negociação do frete de retorno entre o contratante de origem e o transportador. A estimativa do Ministério dos Transportes era que o preço caísse cerca de 20%

Quem ganha

Os caminhoneiros. Que ameaçam uma nova paralisação

Quem perde

O setor produtivo, que está pagando mais caro para o escoamento das cargas

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 9 =

Pergunte para a

Mônica.