PATROCINADORES

Proposta pelo fim da profissão de frentista pode gerar mais manifestações

A proposta do Cade de acabar com profissão de frentista no Brasil, como forma de reduzir os custos dos postos e o preço dos combustíveis, poderá gerar uma nova onda de protestos no País. A Federação dos Empregados em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo (Fepospetro) diz que a categoria irá se mobilizar se a ideia seguir adiante.

Por que é importante

Eventual greve de frentistas tem potencial para paralisar novamente o país

Quem ganha

Ninguém

Quem perde

Toda a sociedade brasileira, que sofre com a interminável instabilidade

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × um =

Pergunte para a

Mônica.