Document
PATROCINADORES

Privatização da Eletrobras não será votada em 2018, diz Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), informou na noite de terça-feira (10) que o projeto de Lei autorizando a privatização da Eletrobras não será mais votado neste ano. Na semana passada, Maia havia se comprometido a pautar o projeto no segundo semestre, após as eleições. Agora, a decisão de vender a estatal ficará para a próxima legislatura.

Por que é importante

A privatização da Eletrobras foi anunciada pelo governo em agosto do ano passado. A expectativa era obter cerca de R$ 12 bilhões com a venda

Quem ganha

Políticos com influência na estatal, que continuarão indicando aliados para cargos de confiança

Quem perde

A Eletrobras e seus acionistas. Acumulando prejuízos seguidos, a empresa continuará perdendo competitividade no mercado

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.