Document
PATROCINADORES

Primeiro campus para fintechs do país é inaugurado em SP

O Distrito, espaço de inovação, inaugurou nesta quinta-feira (21) em São Paulo o primeiro campus de fintechs do Brasil. Chamado Distrito Fintech, o imóvel de quatro andares com salas de vidro oferece infraestrutura para startups do setor financeiro, relacionamento entre clientes, espaço para eventos e criação de novos projetos. Para Gustavo Gierun, co-fundador da Distrito Fintech, a nova estrutura deve concentrar as principais fintechs do país. “Nós esperamos reunir aqui uma gama de startups que querem fazer a diferença. Será um laboratório de testes de inovação para essas empresas. Mais do que isso, queremos que esse espaço se torne uma grande escola de empreendedores”, explica Gierun.

O Distrito é uma instituição sem fins lucrativos, mantida com apoio de startups, empresas e universidades. A ideia de montar o hub, inspirado nas americanas Rocket Space e Plug & Play, veio da necessidade de abrigar em um mesmo local os principais players do setor, afirma Gustavo. “Enxergamos espaço para mudar o modelo de negócios. Antigamente, estávamos cada um para um lado. Hoje em dia não é mais assim”, diz. Por contrato, Gierun não fala o quanto investiu no local, mas diz que foram “alguns milhões de reais”. Segundo levantamento do banco BTG Pactual, os investimentos em startup no Brasil subiram de R$ 203 milhões em 2016 para US$ 1,5 bilhão em 2018. 

Para André Coutinho, sócio-líder de Clients & Markets da KPMG, a importância do local está relacionada à transformação do modelo de negócios. “Nós nos beneficiamos desse ecossistema de fintechs. Evoluímos os nossos produtos internos e, como consequência, oferecemos melhores serviços para os clientes”, afirma Coutinho. O Distrito Fintech é o maior investimento da KPMG no Brasil. Segundo Vagner Guzella, vice-presidente Administrativo-Financeiro da HDI Seguros, a companhia investiu R$ 1 milhão no espaço. “O momento que vivemos exige isso. Está muito claro que novas formas, produtos e projetos inovadores requerem investimentos”, explica Murilo Riedel, CEO da HDI Seguros.

O espaço Distrito Fintech é resultado de uma parceria com a consultoria KPMG , a seguradora HDI, e conta com o apoio das empresas RTM, NEON, Pinheiro Neto Advogados, Mercado Bitcoin e a companhia de tecnologia Ateliware. 

Distrito Fintech, em São Paulo / Foto: Reprodução 

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.