PATROCINADORES

Penduricalho pago a funcionário público custa R$ 1,7 bi em 2018

Regalias, como bônus e honorários, pagas a servidores do funcionalismo público custaram quase R$ 1,7 bilhão aos cofres públicos em 2018. Levantamento feito pelo Ministério da Economia aponta que inúmeros servidores, ativos e inativos, têm ganhos a mais nos salários. Para auditores-fiscais e analistas tributários da Receita Federal, por exemplo, foram pagos R$ R$ 843,9 milhões em bônus no ano passado. No total, 15,3 mil servidores da ativa e 26,6 mil inativos da Receita recebem os penduricalhos. Os benefícios são contestados no Tribunal de Contas da União (TCU). A informação foi divulgada neste domingo (16) pelo jornal Folha de S. Paulo.

Por que é importante

Segundo técnicos do TCU, o benefício pago aos funcionários públicos desrespeita a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Constituição

Quem ganha

A elite do funcionalismo público

Quem perde

Os cofres públicos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 7 =

Pergunte para a

Mônica.