Document
PATROCINADORES

Pela primeira vez no ano, mais demissões do que contratações

Em junho, pela primeira vez no ano, as demissões superaram as contratações no mercado formal, enterrando de vez a expectativa da recuperação do emprego. O saldo do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) ficou negativo em 661 vagas no mês. Um ano atrás, em junho de 2017, haviam sido criadas 9.821 vagas. O resultado surpreendeu analistas. Junho costuma ser um período de geração de emprego. Desde 2002, o mês só havia tido resultados negativos em 2015 e 2016, segundo dados da série histórica do governo.

Por que é importante

O Brasil vive um drama na geração de emprego e a lenta retomada não tem sido suficiente para reverter o quadro. O desemprego no país é de 12,7%, atingindo 13,2 milhões de trabalhadores

Quem ganha

Os candidatos presidenciais que apostam na piora dos indicadores econômicos para ancorar suas campanhas

Quem perde

Toda a sociedade. Sem emprego, o país não se desenvolve e o PIB empaca

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.