Document
PATROCINADORES

Parceria entre Gerando Falcões e BTG concede crédito de R$ 3 milhões para empreendedores de favelas

O BTG Pactual, maior banco de investimentos da América Latina, já começou a liberar R$ 3 milhões em crédito para comunidades de todo Brasil onde a ONG Gerando Falcões atua. Os recursos fazem parte de linha de financiamento de R$ 9 milhões, com taxa de 6% ano, anunciada em outubro para conceder crédito a microempresários do terceiro setor. O banco irá reinvestir os recursos provenientes da taxa de juros, e o objetivo é minimizar os efeitos da crise causada pela pandemia do coronavírus.

Para a diretora de operações da Gerando Falcões, Nina Rentel, a parceria com o BTG Pactual trará oportunidades para empreendedores de diversas favelas. “O apoio concedido aos nano, micro e pequenos empreendedores fomentará a economia das comunidades e favelas em várias cidades do país. Por meio da nossa rede de líderes, este investimento fará girar o dinheiro nessas localidades, impactando significativamente na vida dessas pessoas e de toda comunidade”, comentou Nina.

Entre os projetos beneficiados pela iniciativa, estão ONGs que trabalham para apoiar microempreendedores de favelas em diversas regiões do Brasil. São elas: Projeto Brejal (Macéio – AL), Resgatando Vidas (SP), Instituto Girassol (SP), Abraço Campeão (RJ), Acendendo Mentes (RS), Favela Radical (RJ), Acesa Projeto Fazendo Arte (Divinópolis – MG), Projeto Motivas (RN), Vozes das Periferias (SP), Rede Protagonista (SP), Izaias Luzia (SP), Entre o Céu e a Favela (RJ), O Grito (Contagem-MG), Recomeçar (SP), Instituto Reverbera (SC), Mandaver (AL), As Valquírias (São José do Rio Preto – SP) e Arautos do Gueto (Belo Horizonte-MG).

A iniciativa está sendo operacionalizada pelo BTG+ business, plataforma digital de soluções para pequenas e médias empresas. No total, mais de meio milhão de reais serão revertidos pelo banco para projetos apoiados pela campanha #NumerosQueImportam.

“Nossa parceria com a Gerando Falcões vai permitir que nano, micro e pequenos empreendedores tenham mais condições de alavancar os seus negócios, gerando renda e empregos em bairros periféricos. Esses profissionais têm um papel fundamental para a retomada e para o futuro da economia, e muitas vezes precisam desse apoio para continuarem crescendo”, afirmou Martha Leonardis, sócia e head de responsabilidade social e eventos do BTG Pactual.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.