PATROCINADORES

Mercado de bens duráveis deve retomar faturamento pré-crise

Segundo estudo das empresas GfK e 4E Consultoria, o mercado de bens duráveis – que inclui carros e eletrodomésticos – deve crescer 6% no Brasil em 2018, gerando faturamento de aproximadamente R$ 107 bilhões no ano. Este resultado faria o setor retomar os níveis anteriores à crise econômica. Em 2014, o faturamento foi de 106 bilhões. Além da recuperação da economia, a realização da Copa do Mundo entre junho e julho ajudou, uma vez que a venda de televisores aumentou 30% entre janeiro e agosto deste ano, na comparação com o mesmo período de 2017.

Por que é importante

A recuperação do mercado de bens duráveis demonstra que a economia brasileira está se recuperando de sua maior recessão

Quem ganha

O estudo mostra que o Saldão (R$ 9,7 bilhões) do começo do ano e o Dia das Mães (R$ 9,5 bilhões) superaram o Natal (R$ 9,2 bilhões) em termos de faturamento

Quem perde

As vendas de aparelhos eletrônicos tiveram queda de 12% entre janeiro e agosto de 2018

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + 6 =

Pergunte para a

Mônica.