Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Indicador antecedente de emprego tem 8º recuo seguido

Indicador antecedente de emprego tem 8º recuo seguido

A Fundação Getulio Vargas divulgou nesta quinta-feira (8) que Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp) recuou 0,2 ponto em outubro e atingiu 90,8 pontos – em uma escala de zero a 200 pontos. Foi o oitavo mês consecutivo de queda do indicador, que retorna ao patamar de dezembro de 2016 (90 pontos). “O IAEmp teve mais um recuo, mostrando a continuação do processo de ajuste de expectativas. O recuo do IAEmp mostra a reversão do otimismo quanto ao dinamismo da atividade econômica que teve desempenho abaixo do esperado em 2018. Além disso, ainda existe a incerteza quanto ao crescimento em 2019”, comentou Fernando de Holanda Barbosa Filho, economista da FGV.

Por que é importante
O indicador tenta antecipar tendências do mercado de trabalho com base em entrevistas com consumidores e empresários da indústria e dos serviços
Quem ganha
A agenda reformista. Os governantes eleitos têm o desafio de equilibrar as contas públicas, desburocratizar os processos e garantir estabilidade para que novos investimentos aqueçam a economia brasileira
Quem perde
As contratações nos próximos meses

Envie seu comentário