PATROCINADORES

Gratuidade de bagagem prejudicaria aéreas pequenas, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) explicou ter vetado a medida que isentava a cobrança de bagagens de até 23kg em voos nacionais para não prejudicar as empresas aéreas pequenas. Bolsonaro acrescentou que a decisão deve favorecer a vinda de companhias de baixo custo para o Brasil.

Por que é importante

A operação de aéreas de baixo custo no país deve estimular a concorrência no setor

Quem ganha

Passageiros que costumam viajar apenas com bagagem de mão, se os preços caírem

Quem perde

Defensores de medidas intervencionistas

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + dezesseis =

Pergunte para a

Mônica.