Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Gol, Azul e Latam poderão atuar em conjunto durante a crise

Gol, Azul e Latam poderão atuar em conjunto durante a crise

O governo estuda a possibilidade de autorizar Gol, Azul e Latam a atuar em bloco, como se fossem um cartel, até o final da crise. Para isso, haveria o relaxamento de regras concorrenciais para permitir o compartilhamento da oferta de voos e da venda de bilhetes, segundo o jornal O Globo.

A proposta, que conta com o apoio do Ministério da Infraestrutura e é rechaçada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), seria uma forma de manter o setor vivo até o relaxamento das regras de isolamento social no Brasil. Desde o final de março, as três companhias aéreas trabalham com menos de 10 % das rotas nacionais de antes da crise e praticamente cancelaram todos os voos internacionais.

Caso a medida seja implementada, Gol, Azul e Latam vão operar nos moldes da antiga Ponte Aérea. O consórcio reunia Transbrasil, Varig e Cruzeiro (depois da fusão das duas últimas, a Vasp se uniu ao grupo) e o passageiro comprava um bilhete que podia ser utilizado em qualquer voo que fizesse a rota Rio-São Paulo. Durante muitos anos, esse trecho utilizou apenas as aeronaves Electra da Varig, que foram depois substituídas por jatos Boeing 737 das empresas que faziam parte da Ponte Aérea.

Envie seu comentário

catorze − 11 =