PATROCINADORES

Fusões e aquisições devem crescer com aprovação de reformas no país

Pesquisa realizada pelo escritório Baker McKenzie e Oxford Economics, em cooperação com a banca Trench Rossi Watanabe, aponta que as fusões e aquisições no país devem movimentar US$ 37 bilhões em 2020 – queda de aproximadamente 9% em relação à projeção para 2019 (US$ 40,4 bilhões). O estudo, no entanto, mostra um cenário mais promissor no biênio 2021-22, com a expectativa de uma recuperação econômica mais consistente com a aprovação de reformas estruturantes. Com um ambiente mais favorável para os negócios, o volume de fusões e aquisições deve superar, respectivamente, US$ 40 bilhões e os US$ 47 bilhões.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + dezoito =

Pergunte para a

Mônica.