PATROCINADORES

Funcionários da Eletrobras iniciam greve de 72 horas

Os funcionários da Eletrobras iniciaram uma paralisação de 72 horas nesta segunda-feira (11) em todo o país contra a privatização da companhia e a favor da saída do presidente Wilson Ferreira Junior. O diretor da Associação dos Empregados da Eletrobras, Emanuel Mendes, afirmou que a greve tem 90% de adesão dos funcionários, mesmo com a decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) que determinou que 75% dos empregados continuem a trabalhar. O dirigente disse que a determinação do TST não havia sido comunicada ao sindicato até manhã de hoje. O sindicato deve ser notificado a respeito da decisão do TST, e, caso a descumpra, poderá ser multado em até R$ 100 mil por dia.

Por que é importante

A estatal afirmou não ter recursos suficientes para gerar e transmitir energia elétrica no país, e portanto, a privatização tem o objetivo de garantir a sustentabilidade da empresa

Quem ganha

Sindicatos e funcionários contrários à privatização da estatal

Quem perde

A população

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − oito =

Pergunte para a

Mônica.