PATROCINADORES

FGV: maioria dos consumidores diz estar comprando apenas produtos essenciais

Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE) mostra como os consumidores estão sendo afetados pela pandemia do novo coronavírus e as percepções quanto à recuperação da economia. O levantamento, feito na primeira quinzena de abril, apontou que 79,1% dos consumidores declararam estar comprando apenas produtos essenciais. Para 15,4%, a crise não afetou os gastos da família. Outros 4,7% responderam que estão postergando compras supérfluas e a prazo. Sobre a retomada da economia, a percepção da maioria (67,8%) é de que só voltará ao normal após seis meses. Apenas 10,0% esperam que a economia se recupere rapidamente – ou seja, em menos de três meses (2,3% no mês que vem e 7,7% em dois ou três meses). Já 19,1% projetam que isso ocorrerá entre quatro e seis meses.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.