PATROCINADORES

Febraban estima alta de 7% na carteira total de crédito neste ano

A carteira total de crédito no país, já num processo de normalização da demanda por crédito, deve crescer 7% em 2021 na comparação com 2020, segundo expectativa dos bancos. É o que mostra a última edição da Pesquisa FEBRABAN de Economia Bancária realizada entre 17 e 21 de dezembro. O estudo mostra uma revisão para cima das projeções em relação ao levantamento anterior, feito em novembro, cuja estimativa era de crescimento de 6,8% no ano. “Em 2020, o crédito foi o grande muro de contenção para evitar o colapso da economia e a pesquisa confirma que em 2021 as concessões tendem a continuar estimulando a atividade. A avaliação mais positiva da pesquisa reflete a melhora do desempenho esperado para a carteira com recursos livres”, apontou Isaac Sidney, presidente da Febraban.

A expansão do crédito em 2021 será liderada pelo segmento livre de crédito, que deve registrar crescimento na faixa de 9,6%, com 9,9% para pessoas físicas e 9,2% nas concessões para as empresas. Este crescimento acontecerá em cima de uma base já bem elevada por conta do forte desempenho do crédito em 2020, em especial no segmento de pessoas jurídicas. Em 2021, o crédito direcionado deve mostrar crescimento de 3,4%, em particular no segmento de empresas. A expectativa de retomada/consolidação do mercado de capitais deve contribuir para redução da necessidade de recursos por parte das empresas.

Nas projeções, destaca-se a queda da inadimplência para a carteira livre em 2021 de 4,3% para 4%. Os analistas dos bancos esperam que a inadimplência deve encerrar o próximo ano em nível muito parecido aos 3,8% observado no período pré-pandemia (fevereiro de 2020).

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + 7 =