Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Em meio à crise, ministro da Fazenda da Argentina renuncia

Em meio à crise, ministro da Fazenda da Argentina renuncia

O ministro da Fazenda da Argentina, Nicolás Dujovne, renunciou ao cargo neste sábado (17). Em carta encaminhada ao presidente Maurício Macri, Dujovne reconheceu erros na condução da economia argentina e disse ter tomado a decisão “convencido de que, em virtude das circunstâncias, a gestão precisa de uma renovação significativa na área”. “Conseguimos conquistas na redução do déficit e dos gastos públicos, na redução de impostos distorcidos nas províncias, na recuperação do federalismo. Também, sem dúvida, cometemos erros, que nunca hesitamos em reconhecer e fizemos o melhor que pudemos para corrigir”, destacou. A renúncia de Dujovne ocorre uma semana após o resultado das eleições primárias no país. A derrota de Macri e a provável volta da esquerda ao poder aprofundaram a crise econômica na Argentina. Dujovne estava no cargo desde janeiro de 2017 e será substituído por Hernán Lacunza, que é secretário da Economia da província de Buenos Aires.

Envie seu comentário