PATROCINADORES

Doria rejeita ideia de Bolsonaro para conter eventual alta da gasolina

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), descartou nesta quarta-feira (8) a possibilidade de o estado reduzir a alíquota do ICMS sobre combustíveis para compensar uma eventual alta da gasolina. A medida foi sugerida no início da semana pelo presidente Jair Bolsonaro como uma possível alternativa devido à crescente tensão no Oriente Médio e o temor de uma disparada dos preços.

“Não há a menor chance de o governo federal depositar essa conta nos governos estaduais. Não faz o menor sentido isso”, afirmou Doria. “O governo de São Paulo não fará isso (reduzir o ICMS) e tenho a sensação de que os outros 26 governos também não. O sentimento que pude aferir dos governadores de todas as regiões do país é de que não faremos isso. Esse não é um tema estadual, é federal”, completou o governador.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.