PATROCINADORES

Diretor-geral da OMC reforça alerta para risco de guerra comercial

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, em entrevista à GloboNews, reforçou o alerta de que uma “guerra comercial que só traria perdedores” é possível em todo o mundo, por conta da decisão do presidente dos EUA, Donald Trump, de sobretaxar as importações de aço e alumínio. Azevêdo, que participa em São Paulo do Fórum Econômico Mundial, comentou que a melhor estratégia para o Brasil para reduzir as taxas, antes de recorrer à OMC, seria buscar um acordo com a iniciativa privada americana e outras “nações parceiras”.

Por que é importante

A decisão de Donald Trump impacta diretamente no Brasil, que é o segundo maior exportador de aço para empresas norte-americanas

Quem ganha

Siderúrgicas do Canadá e México, que não serão tributadas

Quem perde

As empresas brasileiras que vendem matéria-prima para os EUA. Com as taxas, o país pode procurar outro destino para o aço produzido

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + 9 =

Pergunte para a

Mônica.