PATROCINADORES

Decisão judicial suspende privatização da Eletrobras

A Eletrobras informou nesta terça-feira (5), em comunicado ao mercado, que a 49ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro determinou a suspensão do processo de privatização da estatal e de suas subsidiárias. Conforme a decisão da Justiça do Trabalho, a Eletrobras precisa apresentar, no prazo de até 90 dias, um estudo sobre o impacto da privatização nos contratos de trabalho da companhia e das empresas vinculadas a ela.

Por que é importante

Acumulando prejuízos, a privatização da Eletrobras é fundamental para que a empresa continue sendo competitiva no mercado

Quem ganha

Sindicatos de trabalhadores contrários às privatizações

Quem perde

O governo, que enfrenta um novo entrave para avançar com o processo

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 5 =

Pergunte para a

Mônica.